LG Optimus Net Dual P698F – O Android Dual Chip

Product by:
LG

Reviewed by:
Rating:
3
On 08/08/2012
Last modified:30/10/2012

Summary:

O LG Optimus Net Dual P698F é um dos melhores smartphones de entrada encontrados hoje no mercado por um preço bastante acessível e que possui qualidade bastante acima da média se comparados à outros smartphones na mesma faixa de preço. Vai levar apenas 4 estrelas pela capacidade de armazenamento interna, que é o que joga o aparelho lá pra baixo.

LG Optimus Net Dual - P698F

LG Optimus Net Dual – P698F

Depois de penar bastante com o meu antigo Samsung Galaxy 5 troquei de aparelho e agora estou com LG Optimus Net Dual, mais conhecido como LG P698F. Vários motivos me levaram a trocar de Android e vou falar sobre esses motivos à medida em que for escrevendo esse pequeno review sobre o P698F.

Quanto à nomenclatura P698F é preciso deixar claro que o “F” do final refere-se ao local do mundo onde o aparelho é vendido, sendo assim, qualquer aparelho LG P698 adquirido no Brasil por meios legais é um P698F e caso o seu aparelho seja um P698 sem o F no final ele é de outra região do mundo e não deveria sequer ter sido comercializado aqui no Brasil.

Em primeiro lugar, gostaria de deixar bem claro que não tenho absolutamente nada contra o Galaxy 5, foi um aparelho muito bom para mim no início porém com o tempo ele deixou de ser bom para uma pessoa como eu, que gosta de testar vários aplicativos principalmente para deixar vocês sempre informados sobre os melhores e mais legais aplicativos para Android. O fato é que o Galaxy 5, assim como o LG P698F, são aparelhos de entrada, ou seja, foram pensados para aquelas pessoas que estão vindo dos dumbphones ou de aparelhos um pouco mais sofisticados, também conhecidos como “feature phones”, representados muito bem aqui no InfoDicas pelo Alcatel OneTouch 900M. Os smartphones de entrada são, por si só, bastante limitados e são mais indicados para pessoas que tem pouca ou nenhuma necessidade de utilizar muitos recursos do aparelho. Geeks e gamers devem se manter longe desses aparelhos.

Desempenho

A primeira coisa que me chamou a atenção no LG P698F foi a quantidade de memória RAM disponível no aparelho juntamente com a velocidade de seu processador, o aparelho possui um processador de 800 Mhz e 512 Mb de memória RAM. Só para vocês terem uma ideia, meu aparelho anterior tinha um processador de 600 Mhz  e 184Mb de memória RAM, o que tornava o uso do sistema praticamente impossível em determinadas situações. Com 512Mb de RAM a coisa já é bem diferente. Consigo rodar os aplicativos que preciso no meu smartphone e o sistema não fica lento em hora alguma, ou seja, consegui a minha tão sonhada “folga de desempenho”. Aliado aos fatores Processador + Memória RAM ainda temos no LG P698F uma GPU (unidade de processamento gráfico) separada do processador principal. Isso significa que os vídeos e gráficos em geral serão processados por essa GPU e deixarão o processador com outras tarefas, assim como deve ser.

Devido aos fatores listados no parágrafo anterior o LG P698F possui um desempenho bastante acima da média, se comparado à outros smartphones Android na mesma faixa de preços. Há até quem defenda que será lançada em breve uma ROM alternativa com o Android Jelly Bean para ele devido às características de processamento e memória RAM do aparelho. É importante notar que ainda estamos falando de um smartphone de entrada, então não espere nunca que ele tenha um desempenho tão “liso” quanto os smartphones de ponta ou pelo menos os mid-end.

Tela e Resolução

Uma coisa que aprendi depois que comprei o meu primeiro Android foi que o tamanho da tela influencia bastante a experiência de uso do aparelho e também influencia em quais aplicativos você poderá instalar no seu Android. Isso acontece pois alguns aplicativos, independente da versão do Android que você utilize, precisam de uma tela de, no mínimo, 320×480 px para serem instalados e isso me fez muita falta no Galaxy 5, que possui uma tela de apenas 320×240 px de resolução, me impedindo de instalar vários aplicativos. Já com o LG P698F a coisa é bem diferente. Há pouquíssimos aplicativos que não podem ser instalados nesse aparelho e o fator limitante não é a tela, mas sim o sistema ou até mesmo o processamento do aparelho. Hoje consigo instalar qualquer aplicativo que realmente necessito nesse aparelho.

Outro fator interessante é que o P698F possui uma tela capacitiva com suporte à multitoques (multi-touch até 2 pontos, mas já serve) e, por algum motivo, o brilho da tela é incrível. Apesar da limitação de cores exibidas (262 mil cores contra os 16 milhões encontrados na maioria dos aparelhos Android), a tela do LG P698F tem uma qualidade bastante superior ao meu aparelho antigo e o brilho é algo fora do comum. Para vocês terem uma ideia, no outro aparelho eu tinha que manter o brilho sempre no máximo para poder enxergar bem a tela em qualquer situação, já nesse aparelho eu posso manter o brilho sempre na metade e consigo enxergar tudo em qualquer situação sem problemas. Infelizmente o LG P698F não possui sensores de iluminação e isso nos faz ter que ficar regulando o brilho da tela manualmente em algumas situações.

Como a maioria dos smartphones Android são praticamente tela, o LG P698F possui uma tela de 3.2 polegadas que faz com que o aparelho tenha um tamanho médio e bastante confortável para utilizar com apenas uma mão. Isso é um ponto importante, principalmente para mulheres, pois utilizar um smartphone ou qualquer outro aparelho tendo que ocupar as duas mãos é uma coisa um tanto quanto desconfortável e nisso a LG acertou direitinho. A tela não é tão pequena e nem tão grande, é na medida para ser utilizado com apenas uma das mãos, inclusive facilitando a digitação com o melhor teclado que existe para Android, o Swype.

Memória Interna

Primeiro é preciso ter em mente que quando falo de memória interna, estou falando de memória de armazenamento, o que seria equivalente ao disco rígido do nosso computador ou notebook e foi exatamente nesse ponto da memória interna que a LG conseguiu dar uma cagada na cabeça de quem compra o LG P698F. Por incrível que pareça, eles conseguiram lançar um aparelho com processador de 800 Mhz, 512Mb de memória RAM, GPU Adreno 200 e colocaram apenas 150Mb de armazenamento interno no aparelho. Não, você não leu errado e eu não esqueci nenhum zero, são apenas 150 Mb (cento e cinquenta megabytes) para armazenamento de aplicativos nesse aparelho, o que chega a ser quase uma brincadeira de mau gosto.

Tenha em mente que, caso você compre um LG P698F, você será praticamente obrigado a fazer root no aparelho para poder expandir o espaço de armazenamento interno através de uma boa e velha gambiarra utilizando o cartão SD, ou você ficará limitadíssimo no que diz respeito à quantidade de aplicativos instalados no seu Android.

Câmera

A câmera do LG P698F é de 3.15 megapixels (juro que não entendi .15, mas vamos lá…) e possui um recurso bastante interessante que é o Autofocus, o que faz com que a câmera regule o foco automaticamente evitando que você tire fotos borradas e, claro, facilitando muito a leitura de códigos de barra no aparelho.

Infelizmente com uma resolução tão pequena não consegui ainda ler códigos de barras de contas como água, luz ou telefone para fazer o pagamento através dos aplicativos bancários disponíveis para Android e que possuem essa função, mas consigo ler facilmente os QR-Codes, mesmo os menores que encontro na Internet.

Para fazer filmagens a câmera também é mediana, permitindo a filmagem em formato VGA, ou seja, 640×480 px.

Como o aparelho é desprovido de flash, certifique-se de que você fará filmagens e/ou tirará fotos sempre com bastante luz no ambiente, caso contrário você terá vídeos de qualidade bastante baixa ou fotos com vultos no lugar de pessoas.

Função Dual Chip

Esse é, com certeza, o recurso mais interessante para a maioria das pessoas. No meu caso, acabei comprando um chip de outra operadora apenas para testar a funcionalidade do aparelho… eu já mal consigo me virar atendendo à um número telefônico, imagine ter 2 números para cuidar, dar comida, trocar as fraldas…

Quando comecei a utilizar os 2 chips no aparelho o meu maior temor se realizou. Por algum motivo o LG P698F perde algumas ligações de vez em quando e, ao invés de receber as ligações normalmente, recebo apenas uma mensagem da operadora dizendo que um número me ligou e não deixou recado. No começo achei isso bastante estranho e depois fui pesquisar um pouco e acabei chegando à conclusão de que o LG P698F não mantém os 2 chips ativos em tempo integral, me parece que ele fica alternando bem rápido o sinal dos dois chips, dando assim uma sensação de que você está sempre com sinal nos 2, mas, na prática, a coisa é um pouco diferente, vide a quantidade de ligações que perdi.

Um fato interessante é que, ao utilizar o aparelho com 2 chips, você pode escolher qual chip será utilizado para receber o sinal da Internet 3G, sendo assim, você não é obrigado a ficar abrindo o aparelho e trocando a posição dos chips quando quiser utilizar a Internet 3G de uma operadora ou de outra, basta ir nas configurações e selecionar qual chip será responsável pelo sinal da Internet. Note que não é possível utilizar a Internet nos 2 chips ao mesmo tempo, aí seria pedir de mais.

Caso você utilize aplicativos como o Viber e o WhatsApp que fazem uso do seu número telefônico para identificar  a sua conta no aplicativo, lembre-se sempre de deixar sempre selecionado o chip registrado no aplicativo e, em algumas situações, enquanto você utiliza o chip não registrado no aplicativo, você acabará perdendo o login desses aplicativos e terá que re-autorizar seu aparelho neles, principalmente no WhatsApp e, vou te contar, isso chega a ser incômodo algumas vezes, pois você precisará digitar mais uma vez o número do seu telefone e aguardar a chegada de uma mensagem SMS para re-autorizar o aplicativo, no entanto, você não perderá seus contatos ou suas conversas salvas.

A Bateria

Esse era, sem sombra de dúvidas, o meu maior medo quanto à um smartphone dual chip. Veja bem, um smartphone já é um voraz consumidor de bateria utilizando apenas 1 chip/operadora, se você duplicar isso o consumo de bateria irá aumentar sem sombra de dúvidas pois o aparelho terá que receber 2 sinais de operadoras de telefonia. Felizmente no LG P698F isso não se tornou um problema pois o aparelho vem com uma bateria de 1500 mAh, o que lhe garante uma boa autonomia mesmo utilizando 2 chips no aparelho. É claro que ainda estamos falando de um smartphone com Android e que, como tal, necessita sempre de uma tomada ou computador perto de você para que seja carregado.

Nos meus testes de uso, com vários aplicativos instalados e rodando em segundo plano, recebendo ligações, conectado à Internet full-time, seja via Wifi ou 3G, a bateria do LG P698F dura tranquilamente 24h. É claro que eu não abuso do aparelho com joguinhos, ouvindo música ou tagarelando no Twitter ou Facebook o tempo inteiro, mas tenho um uso normal enviando alguns twitts durante o dia, checando/respondendo e-mails, enviando e recebendo mensagens no WhatsApp e coisas do tipo, logo, a bateria do LG P698F me surpreendeu e é o suficiente para que você não fique na mão.

Versão do Android

O LG P698F vem de fábrica com a versão Gingerbread 2.3.4 do Android, que é uma das melhores versões que conheço e, felizmente, a LG não carrega esse aparelho com um trilhão de bloatwares sem qualquer utilidade, fazendo assim com que o sistema tenha um desempenho bastante satisfatório.

Dificilmente instalarei uma ROM alternativa nesse aparelho pois as funcionalidades da ROM atual estão de bom tamanho para mim e acredito que o mesmo seja verdadeiro para pelo menos 90% das pessoas que conheço.

Impressões Finais

Dentre os smartphones de entrada e na mesma faixa de preço, recomendo fortemente o LG P698F pois ele possui um ótimo processador e uma quantidade de memória RAM não encontrados em outros smartphones na mesma faixa de preços, porém tenha em mente que a quantidade e memória interna do aparelho é insuficiente para o uso da maioria das pessoas que conheço e que você terá sim que fazer Root no aparelho para poder expandir essa capacidade.

Note também que estou falando aqui de um smartphone de entrada, que deve ser comprado apenas se você não possuir recursos para comprar um aparelho melhor, um mid-end. Recomendo hoje o LG P698F principalmente para os que estão iniciando no mundo Android pois os recursos dele lhe permitirão utilizar o celular pois muito mais tempo e com uma experiência de uso bastante superior à outros modelos na mesma faixa de preço.

Para as especificações completas deste smartphone e até mesmo a comparação com outros modelos, recomendo dar uma olhada no GSM Arena.

O LG Optimus Net Dual P698F é um dos melhores smartphones de entrada encontrados hoje no mercado por um preço bastante acessível e que possui qualidade bastante acima da média se comparados à outros smartphones na mesma faixa de preço. Vai levar apenas 4 estrelas pela capacidade de armazenamento interna, que é o que joga o aparelho lá pra baixo.

Desenvolvedor web, blogueiro nas horas não vagas e tirador de dúvidas de informática em tempo integral.

Loading Facebook Comments ...
Loading Disqus Comments ...