Como a internet mudou os negócios

Já há cerca de 30 operadoras de e-Commerce, no Brasil,que funcionam sem dinheiro nas compras online. E é uma tendência irreversível, até times de futebol já estão lançando cartões de crédito pré-pago como uma estratégia de marketing e parceria comercial com seus patrocinadores.

Caso você ainda não saiba, há inúmeras maneiras de comprar, via internet, sem precisar utilizar dinheiro diretamente. Além dos conhecidos cartões de crédito, pré-pagos ou não, já é possível pagar com smartphones, com contas que funcionam quase como bancos virtuais, como o Mercado Pago, o PagSeguro ou o PayPal.

O Uber iniciou suas operações no país sem utilizar dinheiro. Cadastrava-se o cartão de crédito, via aplicativo, e podiam-se utilizar os serviços de inúmeros motoristas em diversas viagens, mas a conta só vinha no final do mês, na fatura do cartão. Hoje em dia, já é possível pagar por cada viagem separadamente.

A operadora Oi foi a pioneira no quesito pagamento via telefone celular. Chegou a ter cerca de 250 mil usuários, em todo o país, utilizando seus smartphones como forma de pagamento. A Vivo também utiliza esta tecnologia, até fazer apostas na loteria é possível fazer via celular. A quantia é acrescida na conta telefônica do usuário.

O aplicativo de delivery de alimentos PedidosJá possui pouco mais de 15 mil estabelecimentos credenciados e trabalha com compras online em mais da metade deles através de cartões de crédito e Tickets Refeição. Ele agrega a entrega de muito mais do que fast-food, mas também restaurantes de luxo, lojas de comidas naturais, de bebidas e festas.

Empresas governamentais como o DETRAN e departamentos de prefeituras e governos regionais também já começam a funcionar via agendamento e até pagamento de algumas taxas via app ou site. No médio e longo prazo, as pessoas vão perceber qual é o impacto que esta mudança vai causar na economia brasileira e mundial.